• Teresa Leitão critica ameaça de privatização do Serpro e da Dataprev

No Plenário da Assembleia Legislativa, Teresa Leitão lamentou a inclusão, em particular, da Empresa de Tecnologia e Informações da Previdência (Dataprev) e do Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro) na lista anunciada pelo Governo Federal. A parlamentar lembrou que essas estatais são responsáveis pelas bases de dados de milhões de brasileiros, incluindo informações da Previdência Social e da Receita Federal. “Me  preocupo sobre como esses dados serão manuseados, caso as privatizações se efetivem”, pontuou.

Segundo a petista, os funcionários das empresas estão mobilizados contra a iniciativa e, na próxima quinta (29), haverá uma reunião na Câmara dos Deputados para discutir a medida. “É preciso pensar na segurança do cidadão, e o Governo tem que informar como será o tratamento do banco de dados após a venda”, salientou. Teresa também disse que o Fórum Nacional pela Democratização da Comunicação lançou nota criticando a venda das duas empresas, ressaltando que o “Governo abre mão de tecnologias próprias para comprar soluções de terceiros”. “Mostra que não tem compromisso com o patrimônio público. Apoio a mobilização dos empregados dessas empresas, que são bens preciosos para o Brasil”, completou.

Notícia anterior

Próxima notícia